16 Janeiro 2014

Mata-mata É Retrocesso

em Blog
Escrito por 
Mata-mata É Retrocesso
Avalie este item
(1 Voto)

A volta do mata-mata no Campeonato Brasileiro de futebol é retrocesso puro.

Primeiro porque o Estatuto do Torcedor prevê que, em pelo menos uma competição nacional, os torcedores e seus clubes saibam exatamente quantas partidas e quais adversários irão enfrentar. Como a Copa do Brasil é mata-mata, o Campeonato Brasileiro não pode ser no mesmo sistema.

Segundo: já temos quase todas competições no sistema mata-mata. O único a prestigiar uma campanha coesa, regular e que incentive o planejamento, é exatamente o Campeonato Brasileiro.

Já temos mata-mata nos estaduais, Copa do Brasil, Sulamericana, Libertadores, Copa das Confederações, Copa do Mundo, etc. Algumas pessoas reclamam como se não tivesse mata-mata mas esquecem que todas as competições são em mata-mata, exceto o Brasileiro.

Colocar o Brasileiro em mata-mata é se curvar mais uma vez às vontades da emissora detentora dos direitos de TV e tirar dos dirigentes esportivos a tarefa de montar um elenco planejado. 

A volta do mata-mata no Brasileiro vai nos levar de volta aquele período sombrio em que times eram montados no meio da competição e jogadores chegavam pra disputar apenas a fase decisiva.

Acho interessante o mata-mata. Emocionante, divertido, gera discussão. Mas não no Campeonato Brasileiro. Já há uma overdose de mata-mata.

É necessário manter o Brasileiro como uma disputa razoável, com cada jogo das 38 rodadas valendo os mesmos 3 pontos de uma final. Ou seja, cada jogo é uma final. Os times que ainda não amadureceram pra isso.

Daí você abandonar uma fórmula que é sucesso no mundo todo (pontos corridos) ao invés de forçar os clubes a se planejarem e se modernizarem, é o mesmo que assumir que "já que as pessoas não param de fumar então vamos obrigar todos a fumar". Ou seja, pontos corridos é muito emocionante sim. Vá perguntar ao torcedor cujo clube virou o primeiro turno no rebaixamento e precisa reagir no segundo turno. Ou para os 10 primeiros times que sonham com Libertadores ou os 7 ou 8 primeiros que fazem as contas na virada do turno com possibilidade de ser campeão.

Espero que as pessoas digam não ao retrocesso. E não se curvem à Globo, pois ela me parece ser a grande patrocinadora desta ideia de voltar o mata-mata, pois esgotou todas as fórmulas de audiência e vê seus adversários chegando nos calcanhares.

Gente, vamos salvar a galinha dos ovos de ouro enquanto é tempo. Pontos corridos: cada partida é uma final, se o seu time for competente. Se o campeonato é sem graça pra sua torcida, a culpa não é do campeonato e sim do seu time.

Lido 9260 vezes Última modificação em Segunda, 23 Março 2015 23:41

Ricardo Leite

Um garoto latino americano, vindo do interior, sem parentes importantes, apresentando programa com felicidade por onde passo.